Câmeras, a nova ameaça ao Status Quo.

Quem não deve não teme.
Pessoas que tentam filmar e divulgar ações mal sucedidas de policiais e agentes do estado estão sendo sumariamente reprimidos. Isto acontece principalmente nos EUA, mas também existem casos no Brasil.
Uma coisa deve ficar clara, em lugares públicos, seja praça pública, seja órgãos governamentais, é permitido por lei a captura de imagens. Portanto não se sinta reprimido, se você presenciar algum tipo de abuso de poder, saque o celular do bolso e comece a filmar.

Veja alguns casos de repressão a pessoas que tentavam filmar alguma ação:

1 – Esta mulher foi presa por filmar uma ação policial que acontecia em frente a sua casa, ela estava dentro do seu próprio jardim.

2 – Este caso aconteceu em Miami. Não sei como o tiroteio começou, não sei se o suspeito estava armado, mas o que se vê nas imagens é que o rapaz, de 22 anos, que estava no carro foi completamente fuzilado pelos policiais locais. A pessoa que filmou só conseguiu manter o vídeo por que escondeu o cartão de memória na boca antes de seu celular ser esmagado no chão por um policial. Veja como ele é ameaçado, inclusive com armas apontadas, por registrar em vídeo a ação desastrosa da polícia.

3 – Este repórter foi preso por registrar uma Audiência Pública da Comissão de Taxis em D.C. Mais sobre neste link: http://blogs.forbes.com/erikkain/2011/06/23/why-are-d-c-police-arresting-journalists-at-a-public-meeting/

4 – Aqui temos imagens de um protesto contra os preços da Gasolina em Vitória/ES. Após a manifestação o câmera flagra uma ação policial violenta contra um menor, depois de ser ameaçado eles resolveram postar o vídeo fora de foco, para que os policiais não sejam reconhecidos. Foi uma opção dos editores do site, mas seria direito deles postar o vídeo original.

Quem não deve não teme, do que estas pessoas tem medo? O que elas querem esconder tentando censuras as câmeras que às filmam. Como Michael Moore disse sabiamente em um de seus posts: “Agora é o Big Brother que está sendo vigiado, por nós!“. Portanto saquem suas câmeras e desmascarem aqueles que fazem mal uso do poder que lhes foi conferido.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Comentário, Notícia

Uma resposta para “Câmeras, a nova ameaça ao Status Quo.

  1. cris

    Devemos filmar sim as abordagens da polícia independente do motivo da abordagem, afinal é um ato público e somos nós quem mantemos esse trabalho com o pagamento de nossos impostos. Diferentemente de filmar alguém em sua vida pessoal/particular que aí sim não concordo. Nesta situação concordo plenamente, já que estão no exercício da função de manter a ordem e nos resguardar. Não vejo mal algum em querer saber em que tipo de serviço nosso dinheiro está sendo aplicado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s